Você está aqui..

Você está aqui..

Você está aqui. Parece que tudo está fechado e protegido por uma redoma de vidro finíssimo e o calor torna os movimentos ainda mais pesados; mas não há calma dentro de mim. É como se um rato etivesse roendo a minha alma, e de uma maneira imperceptível que até parece suave. Não estou mal e também não estou bem, a coisa preocupante é que “não estou”. Escuto aquele música e fecho os olhos, a melodia calma e tranqüilizante parece ajudar meu coração a encontrar um ritmo suave, mas logo me vem a imagem de seu sorriso, de seus olhos. De uma hora para outra me vejo escutando suas palavras, sussurrando carinhosamente que me ama, me chamando de “pequena” e me abraçando, como se eu fosse aquela que mais te entende, que mais te preocupa. E nesses momentos eu me sinto protegida e calma. É como se um escudo nos protegesse de todos os barulhos, de todas as pessoas, de todos os pensamentos que não sejam sobre eu e você.

Na maior parte do ano você está longe; seu corpo está aqui, mas sua mente está viajando. Brigo com você. Choro por você. Fico noites e mais noites atrás de algum consolo, construindo um muro para que você não entre nunca mais em meus pensamentos. Mas você está aqui. De vez em quando acorda, me abraça, ri comigo, me fala da nossa vida no futuro, de como vamos ser felizes, de como vamos nos amar mais e mais a cada dia, a cada momento. Eu viro minha cara, como modo de defesa do seu sorriso impecável, mas você me puxa para si, me segura com força, olha nos meus olhos e me faz ler neles o quanto você me ama. O quanto eu pertenço àquele lugar, nos seus braços, do seu lado, te beijando ou abraçando e sorrindo com cada uma de suas manias. Me perco nessas imagens, no seu encanto, no seu jeito infalível de me conquistar só com um sorriso. Eu me vejo adulta e calma, sem preocupações e sem choros, ao seu lado; vejo nossa casa, vejo nossas briguinhas inúteis e a forma que vamos fazer as pazes. Me vejo segurando seu braço com orgulho, como se você fosse a pessoa mais bem sucedida que já conheci.

Sinto, suavemente, a batida mais lenta do meu coração. Percebo então que estou caindo na realidade. Você está aqui, você diz que me ama, mas eu sei que daqui alguns dias você vai estar longe. Tudo em minha volta começa a acelerar e me sinto perdida. Sei que a realidade está aqui, que você não faz parte dela e que talvez nunca faça. Foi certo aquela vez, mas talvez nunca mais seja, talvez meu erro me persiga até o fim de meus dias. Mas saiba que ainda hoje, quando tudo está aparentemente perdido e meu rumo é incerto, fecho os olhos. E a primeira imagem que vem em minha cabeça, amor, é você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s